sexta-feira, junho 23, 2006

Viaggiare

Decidir o destino, saber a data, olhar para o bilhete e saber que é nosso. Fazer planos, dizer aos amigos que não podemos estar com eles nessa altura porque vamos estar ausentes. Partilhar os pensamentos e as expectativas com quem vai connosco. Partilhar na mesma com quem não vai e não se importa de nos ouvir. Faltar 2 semanas e estar ansioso. Faltar uma semana e não conseguir aguentar a vontade de voar. Faltar um dia e gostar da agitação do último dia - fazer a mala, verificar bilhete e passaporte, saber a que horas e com quem vamos até ao aeroporto. Não dormir na noite anterior porque o nervoso miudinho não deixa. Simplesmente não dormir e ir para a borga, porque dormimos no avião.
Chegar ao aeroporto, arrastar a mala ( ou as malas) com uma mão e na outra segurar o bilhete. Check in. E é tempo de espera. Passa devagar, devagarinho. O levantar vôo, a impressão no estômago, a boa comidinha do avião, o sobrevoar e o aterrar.O cansaço de uma viagem de avião, mas o chegar a um outro sítio, país, local que nunca estivemos, mas que sempre quisemos ir. Ou aquele local onde já estivemos e não nos fartamos. Inspirar o ar daquele local. E sentir a diferença.
Regressar a casa depois de uma GRANDE viagem. Seja ela de 2 semanas ou de 4 dias. Que saudades de viajar.

2 comentários:

Pedro disse...

:)nao podia estar mais de acordo...

Lisbon disse...

lol só agora vi o teu pedido de casamento! :P aceito e podes ir preparando o copo de água e tal :D hehe

bjinhos