domingo, junho 15, 2008

momento de pouca lucidez

Acontece de vez em quando que todos nós temos uns momentos de pouca lucidez. Depois olhamos para trás e pensamos : bolas, porque é que eu fui fazer aquilo? E o que está feito, está feito. Não há como mudar.
No meu caso não foi bem fazer. Foi mais decidir não fazer. Eu explico:
Não tenho vício nenhum em particular. O que tenho mais próximo disso é o chocolate.
Num momento de pouca lucidez, e depois de uma temporada a considerar que andava a comer demasiado chocolate tive a brilhante ideia de exactamente não consumir chocolate - em todas as suas formas e feitios durante algum tempo. Não há nestlés, não há milkas, não há leites com chocolates, não há chocapics, não há cornetos.
Tenho cumprido o castigo que me auto-impus. Tirando a excepção de que no dia em que fazia 2 semanas que não comia chocolate, não tinha pequeno almoço e tive que comer um pouco do Chocapic que restava. Quebrei a minha promessa, mas não posso morrer à fome e por isso decidi que iria manter este regime pelo menos, durante mais 2 semanas. Sinto sempre muita felicidade em comer Estrelitas ao pequeno almoço.
O pior tem sido depois do jantar. Sempre tive o hábito de comer um quadradinho ou dois de Milka depois da refeição. Juro que há dias em que me sinto completamente a ressacar. A sentir o meu corpo a pedir : chocolate, chocolate. Mas não! Maldita ressaca.
Desconfio que nos gelados também vou ter algumas dificuldades : tenho comido Soleros - descobri que são bons. Mas ontem apteceu-me variar. Olhei para o painel de gelados e visto que não sou grande adepta de Calipos, olhei para o Corneto. Não posso. Perna de Pau é bom. Não posso, tem chocolate. Até o básico Super Maxi. Restou-me o Epá. Uau...

1 comentário:

Canibalimão disse...

Sim, o chocolate é mm viciante, às vezes sinto exactamente o mesmo!

Hang on in there :P