domingo, fevereiro 08, 2009

então e Paris?

Não tinha tido tempo ainda para fazer referência a Paris no blog, apesar de já terem passado duas semanas. Falta de tempo, de paciencia, de inspiração ou simplesmente hoje acordei para escrever isto.
Por coincidência, ou não, o mês de Janeiro associa-se na minha vida com algumas mudanças, normalmente positivas. Uma viagem pode ser sempre encarada como mais um incentivo para novas visões, novas vontades, novos caminhos e até novos cortes de cabelo. Esta ida a Paris foi feita no exacto momento. Gosto de viajar em Janeiro, definitivamente.
No meio de tantas outras coisas que senti, como super inspiradora que é ( ainda que talvez prefira Londres, apesar de achar que em Paris haverá melhor qualidade de vida) a cidade despertou em mim ainda mais a artista frustrada que há em mim. Ena, grande revelação! Ou então não.(
Encontrei-me com a Amélie Poulain várias vezes na rua também.)
Era dar-me um ano, ou uns meses, sabáticos e era eu de boina francesa e ideias brilhantes na cabeça a passear-me nas ruas parisienses.
Enquanto não posso, limito-me a imaginar. A imaginação também dá muito jeito.

video

Sem comentários: