quinta-feira, junho 17, 2010

perdão?

Ouvi hoje que o Grupo Parlamentar do PS quer terminar com as pontes e com alguns feriados em Portugal. Tudo o que seja feriado à terça e à quinta, por exemplo, pode ter os dias contados. Justificam-se com a quebra de produtividade que o país sofre.

Estes senhores devem ter sido então fortes opositores da folga/ponte/descanso que deram ao país quando consideraram a vinda do Papa motivo suficiente para tal.

5 comentários:

A Vitamina disse...

Concordo ctg quando falas na paralisação do Papa mas tenho q concordar que as pontes, em tempo de crise,não fazem sentido.

Sei que neste momento faço parte (infelizmente) de um grande número que n trabalha mas ja trabalhei e sei que sabe bem. Consigo ver os dois lados mas continuo a achar que não é normal termos mais folgas do que pais que estão economicamente melhor quando precisamos mais!

Não digo para terminarem com os feriados mas ha uns tempos surgiu a ideia de qd um feriado fosse à terça ou a quinta passar p segunda ou sexta respectivamente.
Custa.São menos dias de descanso é verdade mas sinceramente n acho que seja um esforço gigante a alteração destes dias.

Piero disse...

Katty sugiro que nos esclareça da veracidade das suas informações.

Pelo que entendi do que li, as deputadas querem encostar os feriados ao fim de semana e não acabar com eles.

"disse ser positivo que «sempre que um feriado seja à quarta ou à quinta-feira possa juntar-se ao fim de semana para evitar pontes»."

Esclareça-nos sff.

Marlucinha disse...

Muita piada têm estes senhores! Muita piadinha!!!

Kit-Kat disse...

Queiram desculpar-me se não fui clara no meu post.
Efectivamente, querem "acabar" com os feriados que sejam à terça e à quinta, para evitar as pontes, como foi os casos destes feriados de Junho, que foram 2 quintas feiras.Sim, querem encosta-los ao fim de semana.

Poderá ser uma solução, mas não é isso que vai resolver o problema da produtividade.
Ressalvei a questão do Papa, porque me parece que não há então critério para estas decisões. Temos que ser coerentes!

Piero disse...

Sim, tou ali com a vitamina em achar que isto não vai resolver (também ninguém disse isso) mas que ajuda. E agora que estamos mais do que nunca na cauda, qualquer ajuda por minima que seja é boa.

Quanto ao papa, ai estou consigo, katty. Achei uma vergonha das maiores! Mas como ao passado não se pode fazer nada, que se faça pelo futuro.